Detalhes da Viagem

CHIPRE BIBLICO

 

Visitando: Larnaca, Ayia Napa, Protaras, Famagusta, Salamina, Nicósia,  Kerynia, Petra tou Romiou, Pafos, Peya, Limassol, Omodos

 

1º Dia:  Local de Partida / Lisboa / Larnaca                                                                                                          

Manhã muito cedo, a hora e no local a indicar, transporte ao aeroporto de Lisboa. Comparência no aeroporto da Portela 120 minutos antes da hora a indicar para o embarque. Assistência nas formalidades de embarque prestada por um delegado da Paxtur e início da viagem de avião que nos levará até Larnaca, no Chipre (com mudança de avião em Munique). Refeição a bordo. Chegada prevista para as 15h40. Assistência pelo guia. Transporte ao hotel. Instalação. Breve tempo para descanso e para um primeiro contacto com esta que, em tempos passados, foi conhecida como a «Ilha dos Santos».  Atualmente, a ilha tem trinta mosteiros, dos quais vinte estão em pleno funcionamento. A luz do cristianismo chegou a esta ilha já no século I e os santos apóstolos Barnabé e Paulo já haviam estado aqui no ano 45 da era cristã. Eles converteram à fé o procônsul da ilha, Sérgio Paulo, e fundaram a Igreja de Chipre. Assim, Chipre foi o primeiro país dirigido por um governador ortodoxo. São Lázaro, a quem Jesus Cristo ressuscitou depois estar morto e enterrado por quatro dias, foi, durante cerca de 30 anos, o bispo na antiga Kitión (atual Larnaca onde hoje chegamos). Desde então, os habitantes da ilha conservaram sua fé em Cristo. Jantar e alojamento no hotel em estância balnear nos arredores de Larnaca.

2º Dia:  Larnaca / Famagusta / Salamina / Larnaca

Após o pequeno-almoço no hotel, saída para a parte turca do Chipre. Atravessando a região de Pyla, onde coabitam cipriotas turcos e cipriotas gregos chegaremos a Vryssoules, cruzando a fronteira . Depois viagem até Ayia Napa, local bíblico e hoje uma das mais proeminentes e visitadas praias cipriotas, Protaras e Famagusta. Chegada e visita a esta cidade medieval, com a sua imponente muralha defensiva, durante a qual poderemos admirar a Catedral de S. Nicolau (actualmente mesquita Mustapha Pasha), perfeito exemplo de arquitectura gótica, onde muitos monarcas foram coroados como reis de Chipre. Admiraremos o Castelo de Otello, governador veneziano de Chipre,  o convento-mausoléu de S. Barnabé, fundado no séc. V, e toda a sua aérea adjacente. Almoço em restaurante local. De tarde viagem para Salamina, local do nascimento e morte do mártir S. Barnabé, primeiro patrono da cidade. Salamina foi também a primeira paragem na Primeira Viagem Missionária de Paulo. A cidade foi fundada em 1200 a.C pelos gregos e foi palco de inúmeras batalhas. Foi a mais importante cidade portuária da ilha, pois todos os navios paravam aqui vindos de todo o Médio Oriente e da Europa (particularmente do Egeu) na antiguidade. Durante o período romano, Salamina era a maior cidade da ilha (com uma grande comunidade judaica), superando até Pafos, a capital administrativa de Chipre. Visita à área arqueológica com o teatro, o anfiteatro, o Ginásio, o mosteiro e túmulo de São Barnabé. No final das visitas regresso a Larnaca. Jantar e alojamento no hotel.

3º Dia: Larnaca/ Nicósia / Kerynia / Larnaca                                        

Pequeno-almoço no hotel e viagem para Nicósia, a única capital europeia dividida em duas partes. Visita ao museu Bizantino no interior do arquiepiscopado. Aqui poderá ver a maior colecção de ícones da ilha. Prosseguimento para a Catedral de São João, Porta de Famagusta (porta Giuliana), de estilo veneziano, e centro histórico de Laiki Yitonia. Visita ainda à Catedral de Santa Sofia, de estilo gótico, castelo de Santo Hilário (deslumbrante edificação cravada no penhasco a uma altura aprox. de 1000 metros, antiga residência dos reis). Almoço em restaurante local. De tarde, visita ao museu de Chipre e a Girne (Kerynia) onde nos esperará o guia local. Aqui visitaremos o castelo e evocaremos tempos medievais em que a localidade foi a melhor estância balnear da Europa. Visita do castelo bizantino e do museu, onde se encontram os restos de um navio naufragado no ano de 300 a.C., ao largo da costa de Girne. No final visita da Abadia de Balapais, já nas montanhas circundantes, Após as visitas passagem da fronteira para o Chipre grego. Transporte ao hotel, jantar e alojamento.

4º Dia: Larnaca / Pafos / Peya / Larnaca                                        

Após o pequeno almoço, saída para excursão de dia inteiro, com almoço incluído,  que nos levará a visitar alguns dos pontos mais significativos da ilha de Chipre. A viagem para Pafos tem um percurso lindíssimo. A paisagem varia entre vinhas, laranjais e lugares de interesse arqueológico. A nossa primeira paragem é em Curium com vestígios greco-romanos, construído à beira de uma falésia sobre o mediterrâneo. De seguida passaremos por Episkopi, a maior base Britânica em Chipre, continuando para  Petra tou Romiou, local onde, de acordo com a mitologia Grega, Afrodite nasceu das ondas. Chegaremos a Pafos, cidade declarada património mundial da UNESCO, e visitaremos a Igreja de Agia Paraskevi, rica em frescos do séc. XV, os maravilhosos mosaicos da casa de campo de Dionísio, casa da época romana, cujo pavimento mosaicado é considerado como o mais belo do Mediterrâneo Oriental. Prosseguimos com a visita das ruínas do Castelo Saranta Kolones Limeniotissa, basílica Panagia (ou basílica de Chrysopolitissa), pilar de S. Paulo, onde o apóstolo foi flagelado quando ele e Barnabé trouxeram o cristianismo para a ilha. Esse pilar está nas imediações da antiga basílica cristã (que remonta ao séc. IV) e das catacumbas de Ayia Solomoni, onde se encontra uma árvore considerada sagrada. Visita ainda ao palácio do procônsul Sergius Paulus (onde Paulo miraculosamente converteria o procônsul).  Regresso a Larnaca, passando por Peya.  Jantar e alojamento.

5º Dia: Larnaca / Limassol / Omodos / Larnaca                                        

Pequeno-almoço no hotel e saída para excursão de dia inteiro (com almoço incluído) a Limassol e à zona de montanha da Ilha. Limassol é a segunda  maior cidade e berço de 4 produções de vinho. Admiraremos o velho porto e a parte antiga da cidade. Visita ainda do Elevador do Tempo que permitirá descobrir 9000 anos da história de Chipre. Visitaremos ainda o teatro greco-romano, o castelo de Kolossi, quartel general dos cavaleiros da Ordem Soberana e Militar Hospitalária de São João de Jerusalém ( Ordem de Malta). Depois prosseguiremos a visita ao templo de Appolo Hylates, em Kourion, um dos principiais centros religiosos da Ilha na antiguidade.  No final prosseguimento para a região de Troodos, nas montanhas, onde poderemos admirar algumas aldeias vinhateiras e Omodos, famosa pelo seu mosteiro, dedicado à Santa Cruz, do séc. XI, Igreja de Ayios Nikolaos e Panayia Podithou (ambas patromónio mundial ). Ao fim da tarde, regresso a Larmaca. Jantar e alojamento.

6º Dia: Larnaca / Lisboa / Local de Partida

Pequeno-almoço no hotel. Depois saída para a visita de Larnaca, na nossa despedida da Ilha. Visitaremos a Igreja de São Lázaro (do séc. IX),  patrono de Larnaca, que foi bispo de Kition, antigo nome de Larnaca. Depois da sua ressureição, Lázaro terá viajado até Chipre, onde Barnabé e Marcos o terão ordenado Bispo. Prosseguiremos com a visita à Visitkiti village (para admirar a Igreja de Angeloktisi, com os magnificos mosaicos do séc VI); convento de Ayios Georgios Alamanos. No final transporte ao aeroporto. Assistência nas formalidades de embarque e partida pelas 14h20, com destino a Frankfurt. Chegada pelas 17h25. Desembarque, mudança de avião. Pelas 21h00 prosseguimento para Lisboa onde chegaremos pelas 23h00. Desembarque e prosseguimento até ao local de partida.

Fim da Viagem e dos Nossos Serviços

 

Pretendo obter informações para me inscrever individualmente nesta viagem    ou

Pretendo obter informações para organizar viagem de grupo em itinerário idêntico